1. HOME
  2. »
  3. Finanças
  4. »
  5. Reserva de oportunidade: O que é, vantagens e desvantagens de ter a sua

Reserva de oportunidade: O que é, vantagens e desvantagens de ter a sua

O mercado financeiro é repleto de oportunidades, mas nem sempre elas ficam disponíveis por muito tempo. Por exemplo, existem períodos de volatilidade e mudanças que trazem condições atrativas para quem tem recursos disponíveis. Assim, pode surgir o interesse em criar e manter uma reserva de oportunidade.

Com ela, você tem a chance de participar de cenários do mercado que podem melhorar seus resultados. Ao mesmo tempo, essa reserva traz pontos de atenção que devem ser observados antes de criar a sua.

Quer entender mais sobre essas questões? Conheça melhor a reserva de oportunidade e o que ela pode oferecer!

O que é e para que serve a reserva de oportunidade?

A reserva de oportunidade corresponde a um montante financeiro que fica disponível para uso diante do surgimento de um investimento interessante. Portanto, ela tem como finalidade exclusiva viabilizar o aproveitamento de chances únicas e limitadas no mercado.

Logo, a função desse montante financeiro é garantir que você possa investir com condições diferenciadas e que ficam disponíveis de maneira imprevista. É o que acontece com uma queda na bolsa de valores, por exemplo, que pode dar origem a ações baratas, mas com bom potencial no longo prazo.

Com esse dinheiro guardado, você não precisa resgatar outros investimentos ou se desfazer de um bem para investir.

Quais as diferenças entre reserva de oportunidade e de emergência?

Ao conhecer as características gerais dessa reserva de valor, é normal confundi-la com a reserva de emergência. Porém, apesar de guardarem algumas semelhanças, elas não são sinônimas.

Na prática, a reserva de emergência é um montante que serve para cobrir possíveis imprevistos e emergências financeiras. Então você deve utilizá-la apenas se ocorrerem desvios no seu orçamento, para que não seja preciso resgatar os investimentos.

Já a reserva de oportunidade tem como finalidade viabilizar investimentos em condições melhores e por tempo limitado.

Além disso, a reserva de emergência deve ser equivalente, em média, a 6 meses dos seus gastos. Assim, você consegue se manter por, no mínimo, um semestre se houver falta ou queda na renda.

Por outro lado, não existe um valor mínimo para a reserva de oportunidade. Portanto, cabe a você determinar quanto dinheiro deverá ser guardado para fazer investimentos em condições diferenciadas.

Quais são as vantagens dessa reserva?

Sabendo as características da reserva de oportunidade, é importante conhecer quais benefícios ela pode oferecer. Uma das vantagens mais importantes é a capacidade de ampliar ou fortalecer seu portfólio de investimentos diante de condições atípicas.

Se a bolsa cair, uma empresa lançar ações no mercado ou certas aplicações financeiras ganharem destaque, você pode aproveitar as condições favoráveis. Dependendo da estratégia, isso pode ajudá-lo a ganhar com o cenário do mercado e potencializar seu retorno.

Essa reserva também oferece praticidade e economia na hora de investir. Você não precisará resgatar investimentos — e, consequentemente, pagar taxas operacionais e os impostos decorrentes. Ao final, o retorno real do portfólio pode ser ampliado com ela.

Quais as desvantagens da reserva de oportunidade?

Além dos benefícios, é preciso entender que esse tipo de reserva pode apresentar desvantagens que não devem ser ignoradas. A principal delas é o custo de oportunidade.

Esse conceito está relacionado ao que você deixa de ganhar por escolher uma alternativa em detrimento da outra. No mercado financeiro, ele é ainda mais relevante, pois fazer um investimento significa abrir mão do retorno de outras possibilidades.

Nesse caso, o principal problema é a necessidade de selecionar um investimento de baixo risco para deixar sua reserva de oportunidade — como você verá adiante. Como consequência, o retorno do montante tende a ser menor. Então, até que você escolha um investimento com maior potencial de ganhos, o custo de oportunidade tende a ser elevado.

Também não é possível prever quando ou se surgirá um bom investimento. Mesmo que ele apareça, pode não ser tão simples identificá-la no momento ideal. Em uma baixa da bolsa, por exemplo, pode ser difícil saber qual é o ponto mais baixo e, portanto, quando as ações estão mais baratas.

Ainda, momentos de alta inflação podem fazer com que sua rentabilidade real seja negativa. Isso acontece devido à desvalorização da moeda e pode fazer com que seu patrimônio seja afetado, exigindo atenção extra.

Logo, é preciso ponderar se essa escolha faz sentido para você ou se é melhor aproveitar alternativas que já existem no mercado.

Quanto juntar nessa reserva?

Como você viu, a reserva de oportunidade não tem um valor mínimo que seja recomendado ou considerado ideal. Porém, pensando em vantagens e desvantagens, vale ter cuidado para não juntar um montante muito elevado.

Se você deixar uma grande quantia nesse modo de espera, na verdade, estará montando uma carteira muito mais conservadora. Porém, isso pode não fazer sentido para o seu perfil e para os seus objetivos. Ao mesmo tempo, uma quantia muito pequena pode não ser útil para aproveitar algumas oportunidades.

Então avalie o seu planejamento financeiro e identifique quanto, em média, seria necessário para investir em oportunidades que chamam a sua atenção — como fundos, ações ou títulos de renda fixa. A partir disso, você pode determinar um montante alinhado com suas características.

Onde guardar sua reserva de oportunidade?

Outro ponto essencial sobre a reserva de oportunidade envolve saber onde investir o montante. Como o dinheiro precisa estar disponível a qualquer momento, vale fazer investimentos seguros e com liquidez diária.

Em geral, aplicações de renda fixa, como títulos pós-fixados, se alinham melhor a essa escolha. Desse modo, o resgate não será um problema e você terá mais segurança quanto ao montante.

Ademais, para conhecer melhor as oportunidades disponíveis, você pode recorrer a uma assessoria de investimentos. Considerando seus objetivos, o assessor poderá apresentar produtos compatíveis para uma reserva desse tipo e para o restante da sua estratégia de investimento.

Como você acompanhou, a reserva de oportunidade pode ajudá-lo a fazer investimentos com condições diferenciadas. Afinal, você poderá aproveitar condições que não se apresentam sempre. Porém, é preciso ter atenção para avaliar se, no seu caso, ela é realmente interessante para sua estratégia.

Gostou de conhecer essa alternativa? Entre em contato conosco da Atrio Investimentos e tenha ajuda qualificada para explorar o mercado financeiro!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

quer saber mais sobre investimentos?