1. HOME
  2. »
  3. Investimentos
  4. »
  5. Small caps: o que é e como investir em ações de pequenas empresas

Small caps: o que é e como investir em ações de pequenas empresas

Mulher colocando placa em frente a sua empresa para indicar que está aberta

Você sabia que as small caps representam uma boa oportunidade de investimento na Bolsa de Valores? Inclusive, essa opção vem sendo escolhida por muitos investidores, como alternativa de renda variável. 

Mas afinal, do que se trata esse investimento? Esse termo refere-se às ações de pequenas empresas, comparadas aos gigantes presentes na Bolsa.

E assim como as grandes empresas, as ações small caps também representam riscos de mercado e liquidez, porque são investimentos de renda variável. Contudo, elas têm um potencial maior de ganho. 

Vale a pena o risco? E como fazer esse investimento? Para responder essas e outras perguntas, preparamos este guia sobre esse tipo de investimento, explicando desde o conceito e os riscos dessa aplicação. Confira!

small caps

O que são as small caps?

As small caps são ações de empresas de menor valor no mercado. Ou seja, são pequenas companhias, com baixa capitalização no mercado. 

Neste grupo encaixam-se empresas que têm valor de mercado em média entre US$ 300 milhões até US$ 2 bilhões. Mas na realidade não há um consenso disso, porque cada instituição tem a sua própria referência para avaliação. 

Elas são uma forma mais acessível de investimento, que beneficia o investidor iniciante ou com menor orçamento para investir, podendo destinar o recurso para empresas menores e inseri-las em sua carteira. 

Todavia, por ser um mercado que está crescendo, as empresas de menor porte também têm atraído a atenção de grandes investidores. 

Um levantamento do site Valor Investe aponta que existem 85 produtos small caps disponíveis, incluindo fundos tradicionais e ETFs, que são os fundos que copiam índice Small Caps da B3. 

As negociações das ações dessas empresas ocorrem da mesma forma que as grandes companhias. Ou seja, elas têm os tickers e são vendidas e compradas pelo Home Broker. 

Como as small caps funcionam?

Com o seu baixo valor de mercado, as small caps também têm classificações que consideram o faturamento da empresa ou o volume de negociação. 

E há também uma variação na faixa de valores das classificações. E para ser considerada uma small cap, a empresa tem como o valor de mercado o resultado da multiplicação do número de ações emitidas e a sua cotação. 

Mas existem outras classificações de ações de empresas consideradas pequenas ou médias. São elas:

  • Nano Caps: capitalização inferior a R$ 50 milhões;
  • Microcaps: valor de R$ 50 milhões a R$300 milhões;
  • Small Caps: R$ 300 milhões a R$ 2 bilhões;
  • Mid Caps: valor entre R$ 2 bilhões a R$ 10 bilhões;
  • Large Caps: valor de mercado de R$ 10 bilhões a R$ 200 bilhões;
  • Mega Caps: valor superior a R$ 200 bilhões. 

Vantagens das small caps

Indo na contramão da escolha de grandes investidores, com empresas renomadas como Ambev, Petrobras, Itaú ou Vale, por exemplo, investir em small caps é vantajoso devido a seu período de retornos. 

Porque apesar de apresentarem menos risco de quedas nos preços das ações, um ganho alto em menor tempo é pouco provável. 

Por isso, as empresas de menor valor de mercado estão com um alto potencial de crescimento. Assim, garantem rapidamente um bom retorno de investimento aos seus acionistas.

As small caps se revelam uma ótima oportunidade para bons ganhos financeiros por causa da valorização de seus papéis. 

E toda empresa que hoje é considerada gigante, com alta participação no Ibovespa, lá atrás já foi uma small caps. E isso conta para o investimento a longo prazo. 

Outra vantagem é que, pelo fato de poderem ser adquiridas por concorrentes, as empresas de porte menor têm o aumento no preço de seus papéis. Com isso, os ganhos em operações na Bolsa de Valores tendem a ser maiores. 

Por fim, o preço baixo também é um atrativo para esse tipo de investimento. Há vários casos de empresas que tiveram o preço abaixo do valor de patrimônio por muito tempo. Mas posteriormente tiveram uma valorização. 

small caps

Há riscos em investir em small caps?

Como todo investimento em renda variável, as operações de ações small caps também envolvem riscos. 

Elas têm maior volatilidade, se fizermos um comparativo às ações mais consolidadas na B3. Outro ponto a se considerar é o seu menor volume de negociações. 

Esses fatores fazem a sua liquidez diminuir, o que se torna um obstáculo para a venda dos papéis. O recomendado é que as empresas sejam escolhidas por investidores que deixarão o valor por um período de 3 a 5 anos, sem necessitar retirar antes disso. 

A expectativa de bom crescimento no mercado costuma ser uma incógnita no mundo dos investimentos. Porque ele pode não acontecer e assim frustrar o investidor. Por isso, é uma opção de risco. 

E a dificuldade de análises e informações de acesso também é um fator desvantajoso para as ações small caps. Isso ocorre devido a serem ações novas no mercado. 

Como investir em small caps

Muitos investidores pesquisam sobre como investir em small caps. Saiba que não existe somente uma maneira de adentrar nesta modalidade de investimento.

Não somente comprando por meio de ações no mercado pela plataforma Home Broker. Veja a seguir as três principais formas de investir: 

Ações

A forma mais procurada pelos investidores para investir neste segmento são as ações. Para isso, é preciso abrir uma conta em uma corretora. Depois, os papéis são comprados no Home Broker. 

Desta forma, o investidor será sócio direto da pequena empresa, tendo direito a um percentual dos ganhos da mesma. 

SMAL11

O índice SMLL, também chamado de índice Small Caps tem o SMAL11 como ETF brasileiro negociado na B3. Nele, o investidor pode diversificar a sua carteira, com pequenas participações em empresas de menor capitalização. 

Fundos de Small Caps

Outra forma de investimentos em small caps é por meio dos fundos que investem nessas empresas. 

Nele, o investidor irá terceirizar para um gestor, que fará a análise e a escolha de quais ações investirá. O gerenciamento dos ativos será feito por este profissional. 

Quais são as small caps brasileiras?

A B3 tem diversos small caps que se destacam nas negociações, se tornando ótimas opções para investimentos. 

Em muitos casos, elas saem do status dessas empresas para grandes empresas, como por exemplo, o Magazine Luiza. Em 2016, ainda era considerada uma empresa de menor valor de mercado. Mas a partir de 2018, alcançou o status de Large Caps, com mais de R$ 40 bilhões. 

Atualmente, as empresas brasileiras que se destacam na B3 são:

  • Schulz (SHUL3)
  • Log (LOGG3)
  • Smiles (SMLS3)
  • Wiz (WIZS3)
  • Petrorio (PRIO3)
  • Trisul (TRIS3)
  • Movida (MOVI3)
  • Tupy (TUPY3)
  • JSL (JSLG3)

small caps

Invista em Small Caps com a Atrio Investimentos!

Neste artigo, explicamos mais sobre small caps e como investir nas ações de pequenas empresas.

E se você pensa em começar a investir nesta modalidade, não deixe de conhecer a assessoria especializada da Atrio Investimentos! 

Com mais de 30 anos de experiência no mercado financeiro, nossos profissionais estão à disposição para ajudar! 

Para saber mais, acesse o nosso site e fale agora mesmo com os nossos assessores. Alcance seus objetivos financeiros com a Atrio! 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

quer saber mais sobre investimentos?