1. HOME
  2. »
  3. Investimentos
  4. »
  5. O que é o prazo de retorno do investimento e como calculá-lo?

O que é o prazo de retorno do investimento e como calculá-lo?

Tomar uma decisão de investimento exige uma ampla consideração sobre as suas características, as condições do mercado e o funcionamento do produto ou ativo financeiro. Para auxiliar sua análise, vale a pena conhecer o prazo de retorno do investimento.

Esse conceito traz informações relevantes sobre o fluxo do seu dinheiro e o potencial que um investimento oferece. Dessa forma, é possível tomar decisões de maneira mais informada, a favor dos resultados desejados.

Ficou interessado e quer saber como usar esse indicador? Conheça o prazo de retorno do investimento e veja como calculá-lo!

O que é o prazo de retorno de um investimento?

O prazo de retorno de um investimento também é conhecido como payback time e é um indicador financeiro relevante. Ele serve para demonstrar quanto tempo é preciso esperar para obter um retorno igual ao valor investido inicialmente.

Essa é uma métrica muito utilizada em contextos de negócios, como na abertura de uma empresa. Se um empreendedor gastar R$ 100 mil para iniciar um empreendimento, o payback time corresponde ao tempo exigido para conquistar R$ 100 mil em lucros.

Contudo, essa não é a única aplicação desse indicador. Ele também pode ser usado no mercado financeiro, avaliando a rentabilidade dos investimentos.

Como calcular o prazo de retorno do investimento?

Além de entender o que é esse prazo para alcançar retorno com o investimento, vale a pena saber como calculá-lo. Assim, você compreende melhor quais fatores influenciam os resultados do aporte e aprende como fazer a análise.

A seguir, veja a fórmula para calcular o payback de um investimento:

Prazo de retorno do investimento = Montante investido inicialmente / Retorno obtido periodicamente

Para entender melhor, considere um investidor que alocou R$ 200 mil em determinado investimento. O retorno desse produto financeiro é de 15% ao ano, em média. Logo, o payback é calculado da seguinte forma:

  • Prazo de retorno = 200000 / 30000
  • Prazo de retorno = 6,7

Assim, será preciso obter o retorno médio por, no mínimo, 6,7 anos para ter de volta o montante investido na forma de rendimentos.

Com esse exemplo, é possível concluir que, quanto menor for o prazo de retorno do investimento, maior tende a ser a sua rentabilidade. Por outro lado, um retorno menor faz com que a recuperação do valor investido seja mais lenta.

Por que é importante entender esse conceito?

Agora que você sabe como calcular o prazo de retorno do investimento, é essencial compreender como o conceito pode ser relevante para o seu contexto. Na prática, o índice financeiro pode ser útil para embasar suas análises de investimento e suas tomadas de decisão.

Ao realizar o cálculo, você compreende qual pode ser a disponibilidade financeira ao longo do tempo, diante do retorno que pode ser obtido. Assim, é possível planejar melhor a realização de outros investimentos.

Conhecer e calcular esse prazo também pode ajudá-lo a entender se os seus objetivos financeiros têm sido alcançados. Em certos casos, pode fazer sentido se desfazer de um investimento que não atende ao prazo de retorno desejado por você, por exemplo.

Portanto, considerar o conceito ajuda a analisar sua estratégia e sua carteira de maneira mais objetiva. Logo, ele pode ser útil para orientar sua tomada de decisão, aumentando sua consciência sobre o desempenho da carteira.

Qual é a diferença entre o prazo e a taxa de retorno de investimento?

Tão relevante quanto conhecer o conceito de prazo de retorno do investimento é saber diferenciá-lo de outros conceitos relevantes do mercado financeiro. Uma confusão comum envolve payback e a taxa de retorno do investimento.

Enquanto o primeiro indicador serve para medir o tempo necessário para obter determinada quantia, o segundo índice aponta o percentual que o retorno representa sobre o que foi investido inicialmente.

Por isso, a taxa de retorno de investimento também é conhecida como retorno sobre investimento (ROI). Nesse caso, a ideia é dividir o lucro obtido pelo valor investido inicialmente. Quanto maior for o ROI, mais rentável é um investimento. Ou seja, essa é uma forma de evitar a análise apenas nominal da performance.

Além disso, o cálculo do ROI pode ajudar na avaliação do payback. Em geral, investimentos com um ROI maior tendem a apresentar um payback menor. Afinal, um desempenho mais elevado costuma reduzir o tempo necessário para recuperar o montante investido.

Como incorporar o payback na sua tomada de decisão?

Até aqui, você entendeu como calcular o prazo de retorno do investimento pode ser importante. Porém, é preciso ir além e descobrir como utilizar esse indicador financeiro na sua tomada de decisão de investimentos.

O primeiro passo é fazer uma análise individual das alternativas de interesse. Como cada ativo ou aplicação tem uma característica de rendimento, faz mais sentido calcular os resultados de cada um, em vez de toda a carteira.

Para encontrar o valor do indicador, é necessário conhecer o desempenho médio da performance do ativo e também o montante inicial investido. Pelo cálculo simples, você saberá quanto tempo é preciso para obter o valor aportado inicialmente.

Ademais, visando embasar suas decisões, você pode comparar investimentos semelhantes. Essa é uma chance de identificar qual investimento pode oferecer um retorno mais rápido.

Nessa análise, também é preciso considerar seus objetivos financeiros e os resultados esperados. Assim, é possível comparar as alternativas disponíveis no mercado para encontrar a alternativa ideal para a sua carteira.

Quais erros não cometer ao analisar o prazo de retorno do investimento?

Além de saber o que é e como avaliar o payback, é necessário ter cuidado para evitar erros que podem ser comuns nessa análise. Para prevenir uma das falhas, considere que o payback serve como uma referência — e não como uma regra definitiva ou uma garantia.

Especialmente no caso de investimentos de renda variável — como aqueles negociados na bolsa de valores —, não há como garantir que o retorno médio será mantido ao longo dos anos. Portanto, o prazo de retorno do investimento pode mudar com o tempo, sendo que a análise reflete as condições até o momento.

Além disso, é preciso ter cuidado para não escolher um tipo de investimento apenas porque ele oferece um prazo de retorno menor. É essencial considerar seu perfil de investidor e os objetivos para fazer as escolhas mais adequadas para a sua realidade.

Neste artigo, você aprendeu o que é o prazo de retorno do investimento e como calculá-lo. Dessa forma, é possível analisar melhor as alternativas do mercado e fazer escolhas mais estratégicas e convenientes para os seus interesses.

Gostou de acompanhar essas informações e quer apoio para aproveitar melhor o mercado? Entre em contato conosco da Atrio Investimentos no formulário abaixo e fale com um de nossos assessores!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

quer saber mais sobre investimentos?