1. HOME
  2. »
  3. Investimentos
  4. »
  5. O que é um BDR? Entenda o significado e como funciona esse investimento!

O que é um BDR? Entenda o significado e como funciona esse investimento!

Embora o mercado de ações brasileiro conte com uma grande variedade de empresas, muitas multinacionais são negociadas em bolsas estrangeiras. É o caso de megacorporações como a Amazon, Meta (antigo Facebook), Google, entre outras.

No passado, o investidor que desejasse investir nessas companhias precisava se vincular a uma corretora internacional e enviar dinheiro para o exterior. Porém, agora é possível se expor aos resultados de uma empresa estrangeira por meio de um BDR — você conhece o seu significado?

Caso você tenha interesse em montar um portfólio com exposição internacional, descubra neste artigo o que é um BDR e como funciona esse tipo de investimento.

Aproveite a leitura!

O que é um BDR e como funciona?

O termo BDR é a abreviação de brazilian depositary receipts. A tradução literal seria “recibos depositários brasileiros”. Contudo, ele é melhor adaptado à expressão certificado de depósito de valores mobiliários — nomenclatura adotada no mercado nacional.

Trata-se de um certificado atrelado a um investimento que não está listado na B3 (a bolsa de valores brasileira), mas em bolsas internacionais. Nesse sentido, ao adquirir um BDR, você não se torna o titular do ativo estrangeiro, mas de um certificado com lastro nele.

O funcionamento de um BDR depende da atuação de uma empresa depositária, que realiza os investimentos no exterior. Na sequência, os ativos são bloqueados para servirem de lastro aos certificados. Após emitidos, os BDRs são disponibilizados para negociação na bolsa brasileira.

Essa alternativa conta com segurança institucional, pois a emissão e distribuição é fiscalizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Logo, as companhias depositárias precisam seguir regras criteriosas para negociar os BDRs no Brasil.

Por exemplo, a depositária é obrigada a repassar as informações relevantes que forem divulgadas no exterior sobre o ativo que dá lastro ao BDR. Isso porque o investidor nacional pode ter seu investimento impactado nessas situações.

Recebendo as informações necessárias, os investidores terão a oportunidade de avaliar o cenário e tomar decisões com mais clareza.

Quais os principais investimentos aos quais o BDR dá acesso?

Após aprender o que significa BDR, é comum se perguntar quais investimentos podem estar vinculados ao certificado.

Até o final de 2020, os BDRs somente podiam ter lastro em ações de empresas estrangeiras. Além disso, o acesso à alternativa era restrito aos investidores qualificados — que são aqueles com mais de R$ 1 milhão investidos ou com certificação profissional para atuar no mercado financeiro.

Porém, naquele ano, a CVM decidiu flexibilizar as regras acerca da emissão de BDRs. Desde então, eles podem ter lastro em REITs (fundos imobiliários), ETFs (fundo de índice), títulos de dívida, entre outros. Ademais, a mudança permitiu a negociação dos certificados por investidores em geral.

Dessa maneira, qualquer investidor tem acesso a um grande leque de alternativas para investir. Veja alguns exemplos de BDRs e seus respectivos lastros:

  • GOGL34: ações do Google;
  • AAPL34: ações da Apple;
  • FBOK34: ações da Meta (antigo Facebook);
  • MSFT34: ações da Microsoft;
  • F1RI34: cotas do REIT Federal Realty Investiment Trust;
  • BIXN39: cotas do ETF iShares Global Tech (lastreado no S&P Global 1200 Information Technology Sector Index).

Quais as vantagens e riscos de investir em um BDR?

Conhecendo o conceito e funcionamento de um BDR, é possível que você queira saber as vantagens desse investimento.

A principal vantagem dos BDRs é a possibilidade de se expor aos resultados de investimentos estrangeiros sem precisar tirar seu capital do Brasil. Isso reduz a burocracia e os custos que você teria se precisasse abrir conta em instituições estrangeiras e fazer o câmbio, por exemplo.

Outra vantagem é a dolarização de sua carteira. Grande parte dos BDRs disponíveis na bolsa está ligada a investimentos negociados em dólar. Desse modo, investir nessas alternativas é uma forma de proteger seu capital contra as variações do dólar frente ao real.

Também conta como vantagem o potencial de diversificação da sua carteira. Como você viu, existem BDRs com lastro em diferentes tipos de investimento. Logo, o investidor brasileiro não precisa se limitar apenas às empresas ou ativos nacionais ao investir pela B3.

Ainda, vale destacar que as empresas depositárias costumam repassar os proventos recebidos do exterior aos titulares dos BDRs. Portanto, você poderá receber os dividendos que forem pagos por uma companhia, por exemplo, como se tivesse a ação em carteira.

Em relação aos riscos, você não pode esquecer que os BDRs são uma alternativa de renda variável. Isso significa que não é possível determinar com antecedência os resultados do investimento. Além disso, existem riscos de ter prejuízos.

Você também deve ficar atento ao risco de mercado. O preço de um BDR oscila de acordo com a lei da oferta e demanda. Portanto, eventuais crises, notícias e acontecimentos que impactem no humor do mercado podem afetar os seus resultados.

Quando pode valer a pena investir em um BDR?

Conforme você aprendeu, o investimento em BDRs pode valer a pena para quem tem interesse em expor seu capital ao desempenho de ativos estrangeiros com mais facilidade. Afinal, não é preciso retirar o dinheiro do país ou converter moedas, já que os BDRs são negociados em reais e na bolsa de valores brasileira.

Ademais, o investimento pode agradar quem busca diversificar o portfólio com alternativas fora do mercado nacional ou que sejam dolarizadas. Dessa forma, o investidor tende a se proteger contra as quedas na bolsa brasileira, por exemplo, dada a correlação negativa dos movimentos com o dólar em diversos momentos.

No entanto, antes de adquirir um BDR, é pertinente revisitar o seu perfil de investidor e objetivos financeiros. É comum que, com o passar do tempo, os objetivos de uma pessoa mudem, assim como o seu apetite aos riscos.

Então, sempre que for investir em uma nova alternativa, vale verificar se o investimento é adequado ao seu atual perfil de risco e às metas financeiras almejadas. A depender da sua tolerância aos riscos, por exemplo, é possível avaliar qual fração do seu capital pode ser alocada nos BDRs.

Após conhecer o significado e o funcionamento de um BDR, você poderá buscar os certificados disponíveis na bolsa brasileira. Assim, há como escolher a alternativa mais adequada ao seu perfil e objetivos — desde que o investimento faça sentido para você.

Para contar com auxílio nessa jornada, não deixe de buscar uma assessoria qualificada, como a Atrio Investimentos. Entre em contato com nossos assessores!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

quer saber mais sobre investimentos?