1. HOME
  2. »
  3. Investimentos
  4. »
  5. O que é um seguro de vida e como ele pode ajudar no seu planejamento...

O que é um seguro de vida e como ele pode ajudar no seu planejamento financeiro?

O planejamento financeiro é uma ferramenta importante para investidores e pessoas em geral que desejam controlar as finanças. Nesse contexto, saber o que é um seguro de vida e como ele funciona pode ajudar na definição de estratégias.

Esse serviço é bastante utilizado como uma forma de garantir recursos financeiros aos dependentes e beneficiários do contratante. No entanto, ele tem outras funções que devem ser consideradas antes da contratação, a fim de garantir a melhor decisão.

Quer entender como o seguro de vida e o planejamento financeiro estão relacionados? Confira a seguir!

O que é um seguro de vida?

O seguro de vida é um conceito bastante conhecido pelas pessoas. No entanto, existem diversos detalhes que devem ser compreendidos e esclarecidos, pois eles ajudam a determinar como o seguro funciona.

Então vale saber que o seguro de vida é um contrato firmado entre um segurado e uma seguradora. O serviço oferecido diz respeito à cobertura de riscos de sinistros que, se ocorrerem, dão direito ao recebimento de uma indenização por parte do segurado.

O primeiro ponto a esclarecer são as coberturas. Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, não é somente o falecimento que está coberto pelos seguros de vida. Além dessa situação, os casos de invalidez total, permanente ou temporária, também estão entre os riscos cobertos.

Nessas situações, o segurado recebe a cobertura contratada. Já no caso do falecimento, a indenização é paga aos beneficiários. Eles são pessoas definidas pelo próprio contratante — e não precisam obedecer às normas legais ou mesmo ter relação de dependência com o segurado.

Ademais, para contar com o seguro, o contratante deve pagar um prêmio. Esse é o nome dado ao pagamento feito para a seguradora como remuneração por seus serviços. O valor do prêmio, a forma de quitação e outros detalhes são definidos em cada contrato.

Como registro de todas as regras sobre o seguro de vida, a seguradora fornecerá uma apólice de seguros ao contratante. Entre as informações principais do documento, estão:

  • identificação do segurado e seus beneficiários;
  • riscos cobertos pelo seguro de vida;
  • valor da indenização recebida;
  • montante do prêmio a ser pago;
  • prazo de validade.

Como é feita a contratação?

Além de aprender sobre o funcionamento de um seguro de vida, você deve entender como pode contratar esse serviço. Como vimos, as instituições que o fornecem são chamadas de seguradoras.

Como o seguro de vida e demais produtos dessas empresas são de extrema relevância, há um órgão regulador e fiscalizador. Ele se chama Superintendência de Seguros Privados (Susep). Portanto, é fundamental avaliar se a seguradora consta nos quadros de registro do órgão antes de contratá-la.

Cada seguradora tem as suas próprias condições para a contratação. Mas todas devem respeitar as coberturas mínimas e regras da Susep. Por outro lado, questões como valores de indenização, montante do prêmio e outros detalhes podem variar.

Nesse sentido, após escolher uma seguradora de confiança, você passará por uma avaliação para aprovação do seguro. Esse procedimento visa identificar características do segurado para a apresentação de proposta sobre as condições do contrato.

Entre as exigências, é preciso fazer uma declaração pessoal de saúde para determinar se você já possui doenças ou tem outros problemas de saúde. Além disso, a seguradora avaliará idade, condições de vida, renda, ocupação e outros fatores.

Depois, a proposta será enviada e você poderá avaliar todas as condições da apólice. Caso queira realizar a contratação, o prêmio deve ser pago seguindo o que for acordado. Cumprido o prazo de carência, você já terá direito às indenizações propostas conforme as coberturas da apólice.

Quais são as vantagens do seguro de vida?

Agora que você já sabe o que é, como funciona e como contratar um seguro de vida, pode conhecer as principais vantagens desse serviço. Veja só:

Diversas alternativas

O primeiro benefício desses contratos são as diversas alternativas disponíveis no mercado. Desde que a seguradora esteja cadastrada na Susep, você tem a possibilidade de escolher entre várias condições contratuais e empresas fornecedoras do serviço.

Logo, é possível contar com um bom custo-benefício e não ficar atrelado a apenas uma proposta. Por isso, é importante pesquisar o mercado e fazer simulações com diversas seguradoras visando ampliar suas alternativas de contratação.

Possibilidade de escolher beneficiários

Outra vantagem considerável é a possibilidade de escolher beneficiários que receberão a indenização no caso de morte do segurado. Isso permite que você não fique atrelado aos herdeiros necessários definidos por lei.

Como os beneficiários não precisam ter grau de parentesco mínimo, eles podem ser amigos, conhecidos, pessoas necessitadas, entre outras. Ainda, não existe um número mínimo de beneficiários. Então o seguro pode ir inteiramente a uma pessoa ou reunir diversos nomes.

Dispensa de inventário

Por fim, uma das grandes vantagens do seguro de vida é a dispensa de passar por inventário. Esse é um procedimento realizado a partir da morte de uma pessoa com o objetivo de verificar quais são os bens que ela deixou e realizar a divisão entre os herdeiros.

Apesar de haver a possibilidade de realizar o inventário e a partilha de bens em cartório, existem diversos requisitos para isso. Desse modo, muitas vezes o procedimento é efetuado de maneira judicial, o que pode levar um tempo bastante expressivo.

Além disso, o inventário envolve custos significativos. Assim, ter um seguro é um modo eficiente de repassar diretamente o dinheiro aos beneficiários, usufruindo de economia e rapidez. Inclusive, esse montante pode ajudar a pagar os custos do inventário para a divisão do restante do patrimônio.

Como ele pode ajudar no planejamento financeiro?

Como você percebeu, o seguro de vida garante uma indenização aos beneficiários em caso de morte do segurado. Ele também pode conceder um pagamento em vida nas situações de invalidez e outros problemas de saúde incluídos na apólice. Então ele é um grande aliado no planejamento financeiro.

Afinal, os sinistros são situações que podem trazer impacto na renda familiar e gastos mais elevados. Por isso, ter uma segurança financeira nesse momento é fundamental.

Ademais, no caso de morte, além de oferecer uma renda para ajudar nesse momento difícil, o seguro ajuda no planejamento sucessório. Afinal, o segurado pode escolher seus beneficiários e a disposição dos valores entre as pessoas selecionadas.

A indenização será paga aos beneficiários sem recolhimento de impostos e sem a necessidade de fazer parte de um longo processo judicial.

Agora você já sabe o que é um seguro de vida, quais são suas vantagens e como ele ajuda no planejamento financeiro. Lembre-se de que é importante pesquisar as alternativas e escolher um contrato que considere suas expectativas e necessidades.

Quer continuar aprendendo sobre esse assunto? Então acompanhe nosso texto sobre o planejamento sucessório!

Nosso time possui especialistas em planejamento sucessório e gestão de risco patrimonial. Nossa plataforma possui acesso à todas as seguradoras disponíveis no país. Entre em contato no formulário abaixo para agendar uma reunião e fazer um diagnóstico.

Caso você já tenha uma apólice de seguro contratada, você pode fazer uma nova análise afim de tentar reduzir os custos mantendo a mesma cobertura.

quer saber mais sobre investimentos?