1. HOME
  2. »
  3. Investimentos
  4. »
  5. Poupança vale a pena? Veja se você está perdendo dinheiro

Poupança vale a pena? Veja se você está perdendo dinheiro

poupança vale a pena

Muitas pessoas se perguntam se fazer uma poupança vale a pena na atualidade. Afinal, esse ainda é o investimento preferido dos brasileiros por ser um processo simples e sem custos. Porém, a sua rentabilidade pode não ser uma vantagem.

Desde muito cedo, estamos acostumados com a ideia de que guardar dinheiro na poupança é a melhor opção. Afinal, poupar é um grande passo para quem busca estabilidade financeira. Por outro lado, a rentabilidade da caderneta poupança depende de como está o cenário econômico no país. Especialmente em relação à taxa básica de juros, a Selic

Devido à mínima histórica da Selic, a poupança vem perdendo para a inflação. Em 2020, a caderneta rendeu 1,99%. Já o IPCA, índice do IBGE que mensura a inflação oficial no Brasil, encerrou o ano em 4,52%. 

Ou seja, isso significa que o dinheiro deixado na poupança no ano passado perdeu poder de compra, e o investimento se tornou uma opção menos rentável. Além disso, neste artigo, você verá que é possível perder dinheiro na poupança. 

Quer mais informações para saber se a poupança vale a pena? Então continue lendo este artigo. Aqui reunimos as informações mais importantes para te ajudar a decidir se investe nela ou não. Acompanhe!

O que é a poupança?

Para saber se a poupança vale a pena, é importante entender sobre esse investimento. Então, vamos começar a entender o que é a poupança. 

Também conhecida como caderneta de poupança, esse é um investimento voltado para pessoas que desejam economizar dinheiro. Trata-se de uma conta bancária criada no nome do titular. Você pode abrir uma sem custo em qualquer banco. 

Na verdade, algumas pessoas do mercado financeiro não gostam de definir a poupança como um investimento. Afinal, investir é diferente de poupar. O objetivo da poupança é que a pessoa mantenha o seu dinheiro ali, com o menor número de retiradas possíveis, para assim economizar de acordo com os seus objetivos. 

Além disso, é uma aplicação muito fácil de se fazer e é bem acessível, sendo disponibilizada inclusive para menores de idade. 

Quando a poupança surgiu? 

poupança vale a pena
Foto: recontaai.com.br

A poupança surgiu em 12 de janeiro de 1861, após Dom Pedro II assinar o Decreto nº 2.723, que criou a Caixa Econômica Federal. O objetivo do projeto era realizar a captação de recursos que as classes mais pobres tinham como economia. Portanto, a poupança pagaria 6% de juros ao ano para quem entrasse e deixasse o seu dinheiro nela. 

Além disso, o decreto também estipulou que a quantia poderia ser devolvida ao titular da conta sempre que este fizesse uma solicitação. Para isso, tudo tinha a garantia do Governo Imperial. Porém, no dia 15 de dezembro de 1915, quando entrou em vigor o decreto nº11.820 houve uma grande mudança em relação aos juros. 

O novo texto informou que o valor dos juros da poupança seria determinado de forma exclusiva pelo governo. A poupança ficou conhecida como caderneta nos anos 90, porque as pessoas usavam pequenos cadernos, onde era possível anotar o saldo da conta e os juros recebidos por ela e assim saber a rentabilidade. 

Como é a rentabilidade da poupança? 

Outro fator importante para saber se a poupança vale a pena é conhecer a sua rentabilidade. O retorno da caderneta dependerá basicamente da taxa básica de juros, a Selic, e a Taxa Referencial (TR).

A TR é uma taxa de juros de referência, muito usada para correção, tanto na caderneta de poupança, como em alguns títulos de capitalização e financiamentos imobiliários. Criada em 1991, ela surgiu em meio a um pacote de medidas econômicas chamado de Plano Collor II. Além da poupança a TR interfere em diversos ativos, como:

  • Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
  • Caderneta de Poupança.
  • Alguns financiamentos imobiliários.

Mas você precisa também ficar atento à taxa Selic, porque todas as aplicações de renda fixa terão um desempenho melhor com a alta da mesma, inclusive a poupança.

A taxa Selic hoje é uma referência para a precificação de praticamente todos os ativos do mercado. Por isso, a tendência é de que empréstimos e financiamentos fiquem mais caros, devido à cobrança de juros mais altos. 

 Existem diversos tipos de investimentos mais rentáveis do que a poupança. Sobre este assunto, veremos no tópico a seguir. 

Afinal, a poupança vale a pena? 

De maneira geral, a poupança não vale a pena porque existem outros investimentos tão seguros quanto ela e mais rentáveis. Ou seja, não há muita justificativa para usá-la como aplicação. No entanto, ela ainda se torna uma opção para aqueles que não entendem muito de investimentos. 

Entre os investimentos que rendem mais do que a poupança estão os de renda fixa. Essa modalidade de investimento é mais procurada pelos investidores atualmente, que procuram rendimentos com mais estabilidade e segurança. Afinal, muitos deles têm garantia do FGC e garantia de pagamento pelo Tesouro Nacional (no caso dos títulos públicos). 

Eles são denominados de renda fixa justamente por ter essa rentabilidade previsível — que pode ser fixada em um percentual mensal ou seguir algum índice como a taxa Selic, o CDI, ou a inflação. 

Entre os principais investimentos de renda fixa estão:

  • Tesouro Direto
  • CDB
  • CDI
  • LCI e LCA
  • Fundo DI
  • ETF de renda fixa
  • Debêntures
  • Letras de câmbio
  • CRIs e CRAs.

Com todas essas opções, é viável investir em outras modalidades além da poupança, especialmente se você deseja uma rentabilidade maior e segura. 

Quais são as desvantagens da poupança?

poupança vale a pena

Além destas opções, outros fatores contribuem para as dúvidas se a poupança vale a pena. Porque são desvantagens consideráveis que podem pesar na hora de escolher qual o melhor investimento. 

Veja a seguir as principais desvantagens da poupança. 

Baixa rentabilidade 

Mais uma vez vamos bater na tecla sobre a baixa rentabilidade da poupança. Porque quando se compara com outro investimento, como o Tesouro Direto, por exemplo, é possível perceber que os ganhos são muito superiores. 

Enquanto o tesouro SELIC rende 100% da taxa SELIC, a poupança rende 70% da taxa SELIC. Ou seja, uma diferença de 30% a mais de rentabilidade.

Sensível à inflação 

Outra desvantagem da poupança é que para se chegar no que chamamos de “rentabilidade real”, deve-se descontar a inflação do rendimento. Assim,  em períodos de alta da inflação, é possível que o investidor esteja perdendo dinheiro. 

Tem o aniversário da poupança 

A remuneração ocorre mensalmente, na data de “aniversário” do depósito. Mas se houver uma retirada antes deste dia específico, todo o rendimento dos últimos dias é perdido. Outra desvantagem para a poupança. 

É possível perder dinheiro na poupança? 

Assim, sabendo que a poupança não é investimento com a melhor rentabilidade, muitos investidores podem se perguntar se há o risco de perda de dinheiro. E a resposta é sim, é possível perder dinheiro na poupança. 

Como explicamos anteriormente, se a rentabilidade ficar abaixo da inflação do período, significa que o dinheiro está perdendo seu poder de compra.

Tudo porque a poupança não tem o objetivo de uma alta acumulação, com grandes retornos sobre o dinheiro investido, devido às baixíssimas taxas dos juros e os descontos na alta inflacionária. 

Como sair da poupança? 

Agora que você pesquisou que a poupança não vale a pena, se o desejo é ter grandes retornos financeiros, e deseja sair desse investimento, saiba agora como fazer.

A principal dica é buscar ajuda de profissionais como os assessores, para identificar o seu perfil de investidor, objetivos, e analisar os produtos mais rentáveis de acordo com as metas do investidor e de acordo com o cenário econômico.

Gostou do conteúdo para saber se a poupança vale a pena? Para conhecer mais sobre o mundo dos investimentos, você pode contar com a Atrio. 

A Atrio é um escritório de assessoria da XP Investimentos, a maior corretora de valores da América Latina. Nossa equipe é responsável por prestar assessoria ao investidor na escolha dos produtos financeiros que se adequam aos objetivos do cliente.  

Conheça mais sobre nossos serviços, em nosso site

Quer ajuda para montar uma carteira de investimentos de acordo com os seus objetivos e sonhos para o futuro? Entre em contato conosco

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

quer saber mais sobre investimentos?